terça-feira, 14 de julho de 2015

Nosso amor

 Imagem colhida na web
Nosso amor
  
Escrito está nos céus de nossas vidas...
O amor que em nosso coração nasceu;
O tempo que por nós já se perdeu,
Quimeras que não foram esquecidas.
 
Escrito em nossas almas, divididas,
O amor que pelo tempo assim viveu.
Suspenso no sabor do beijo teu,
A suavizar as minhas tantas bridas.
 
Marcado ainda sinto o olhar primeiro,
Vasando pelos vãos do coração,
Sem regra, norma, plano ou roteiro!
 
Marcado tenho em mim todo teu cheiro!
O teu suor e a chuva de verão,
Molhando tua pele, o corpo inteiro!
 
Edith Lobato – 21/04/15

16 comentários:

  1. Olá Edith
    Belíssima mensagem!!! Li com muito carinho e deixo o registro da agradável sensação que sempre experimento ao passar por este belo blog...
    AbraçO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nadja, desejo-te um lindo fim de semana.

      Excluir
  2. Bom dia
    Parabéns pelo poema! Lindo de mais!!

    Beijinho e um dia Feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Cidália. Obrigada por tua leitura. Logo estarei pondo a leitura em dia. Bom fim de semana.

      Excluir
  3. Quanta doçura... Que bom te ler novamente. Bom fim de semama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Almma. Bom fim de semana, querida.

      Excluir
  4. Oi Edote
    Obrigada por me seguir
    Seu blog é encantador
    Minha postagem é ficção.kkk
    Algumas verídicas estão na Postagens populares
    Beijos
    Dorli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada lua. Eu sei, mas é impossível lermos sem cairmos na reflexão, especialmente, quando estamos diante de uma obra bem elaborada, como a tua. Feliz domingo querida.

      Excluir
  5. Olá Edith tudo bem? Estou passando para retribuir a visita e conhecer seu blog! Amei o poema, vc escreve com a alma, parabéns! Já estou por aqui e vc será sempre muito bem vida ao meu cantinho! Bjos querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marlene, desejo-te um feliz domingo.

      Excluir
  6. É interessante ...
    Quando se ama se sente o cheiro do ser amado mesmo na distância ... é como se estivesse impregnado em nossa pele ...

    Lindo poema Edith!
    Bjos,
    Minda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pura verdade Minda. Obrigada pela leitura e visita, querida. Bom domingo e fica com Deus.

      Excluir
  7. Hoje eu resolvi seguir seu blog.
    Será que você teria coragem de
    seguir o meu?

    Beijos,




    .

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo, leve e inspirador soneto, Edith!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada José Edward por sua leitura. Desejo a você um lindo domingo. Bom dia.

      Excluir

Muito obrigada por deixar registrado em, Matizes da Alma, sua visita e sua opinião. Receba meu carinho.