sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Brinde

Imagem coletada do Google Imagem
Brinde
 
Brindo o outono da vida.
Os gritos do silêncio,
Os roncos da solidão,
Nos recortes das lembranças.
 
Brindo o frio da madrugada,
Na metamorfose do presente,
Desidratada de sonhos,
Sobre a pele enrugada.
 
Brindo os meus fios de prata,
E o ócio em que me encontro,
Neste cenário bucólico do fim.
 
Brindo o tempo e a dádiva da vida,
E aguardo o cair das últimas folhas,
Onde tornar-me-ei, saudade.
 
Edith Lobato – 12/10/14


34 comentários:

  1. Linda poesia, bem inspirada e temos sempre que encontrar belos motivos para brindar e agradecer! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Chica, obrigada por tua leitura. Bjs

      Excluir
  2. Intensamente outonal este belíssimo poema!
    Bom fds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rui, grata por tua leitura. Feliz noite.

      Excluir
  3. Olá Edith
    Há muitos motivos para brindar e agradecer e maior deles é a dádiva da vida.
    Querida amiga meu blog estava fora do ar porque eu precisava de um tempo para me recuperar de um grande estresse psicológico. Mas agora já estou bem e de volta para abraçar e acarinhar uma amiga linda como você.
    Beijos no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom te ver novamente Gracita, estava preocupada com você. Beijos querida. Feliz te ver aqui.

      Excluir
  4. Que delícia
    ler seus versos nesse sabado de primavera.
    Ja seguindo
    deixo bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por sua visita e leitura, CatiahoAlc. Feliz dia.

      Excluir
  5. Boa tarde poetisa..
    acho lindo versos brancos.. mas acredite.. até hj nunca consegui fazer uma poesia assim.. tudo rimas e mais rimas..
    as palavras nos brindam e com elas a gente brinda aos leitores que nos leem..
    bjs e até sempre Edith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Samuel, creia eu também tenho enorme dificuldade com o verso branco, mas me arrisco, vez em quando. Obrigada por tua visita e leitura.

      Excluir
  6. Olá moça bonita,
    Estive viajando por isso a demora
    tanto em voltar como em postar.
    Tim Tim sim, porque quem brinda seus momentos
    vive a capacidade de adoçar também o gosto de fel.
    Belo, Belo.
    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bandys, que bom receber-te. Obrigada pela visita e leitura e teu enorme carinho. Lido fim de semana. Bjs

      Excluir
  7. Outro soneto demáis com um tema belissimo brindando pela vida.
    Nunca canso de ler você.
    Parabéns, grande poeta e amiga.
    Beijos no coração.
    Besos enormes, meiga,
    desde España con mi amor.
    Felicidades
    Nievi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nieves, minha querida, como é bom te ver aqui. Poxa, ontem fiquei sem net e sem celular. Bijos querida e boa semana.

      Excluir
  8. E ser saudade é quase como ser esperança, pois o passar da vida não foi em vão.
    Uma poesia que transcende, querida Edith.
    Belíssimo fim de semana, querida amiga!
    [obrigada, muito obrigada pela tua doce visita!]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanuza, com muito carinho a recebo aqui. Muito grata por tua leitura e comentário. Boa semana.

      Excluir
  9. Boa tarde, é maravilhoso brindar ao gostamos e nos transforma felizes.
    Poema que faz sentir o brindar junto ás diversas lindas cores do Outono.
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A.G, obrigada por seu carinho, leitura e visita.

      Excluir
  10. Obrigada pela visita. Seu espaço também é muito belo, assim como seus versos. Há sempre motivação para um brinde, enquanto aqui estamos e podemos nos renovar, como a natureza. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marilene. Amei tua visita e teu comentário. Boa noite.

      Excluir
  11. Edith, antes de comentar seu belo poema quero agradecer o carinho da visita, seja bem vinda por lá minha nova amiga, pois é sempre enriquecedor receber novos amigos!
    Mesmo no outono da Vida há sempre muitas coisas que nos dão alento, então brindemos, seus lindos versos encantam, amei ler!
    Abraços e tenhas uma linda semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ivone. Eu que agradeço tua chegada e tua visita. Bjs

      Excluir
  12. Minha querida amiga Edith
    Vim trazer o meu abraço e parabenizá-la pelo seu dia grande poetisa. Uma iluminada semana
    Beijos com meu carinho e estima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracita, obrigada por tuas pegadas de carinho. Bjs

      Excluir
  13. Boa noite Edith! Aqui deixo o link da Teoria Literária do experimental "Enlaces Disticus" amiga e poetisa Aila Brito.

    http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/4428833
    Obrigada pela visita... Adoro qdo vais lá!
    Boa noite e aquele abraço de paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Dina, vou ver o link e estudar a teoria. Bjs

      Excluir
  14. Eu também brindo. Ainda não há muitos dias postei um poema sobre o Outono.
    Brindemos todos!
    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudações poéticas Poesia de Vieira Calado. Obrigada por tua visita e leitura.

      Excluir
  15. Olá grande poetisa e querida amiga
    Vim brindar teu belíssimo poema mais uma vez e trazer o abraço e o meu sorriso para corroborar com sua alegria
    Beijinhos no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gracita, obrigada querida pelo teu deferimento à minha pessoa. Amo ler-te. Bjs

      Excluir
  16. Olá Edith,passando para agradecer sua visita e comentário.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por deixar registrado em, Matizes da Alma, sua visita e sua opinião. Receba meu carinho.