terça-feira, 14 de outubro de 2014

Talismã?

Imagem coletada no Google Imagem
Talismã?
 
Ainda guardo vivo aqui dentro de mim,
O teu sorriso que jamais eu esqueci.
O beijo morno de teus lábios, trago sim,
Os teus abraços onde um dia me perdi.
 
Trago guardada tua voz tão doce e terna,
O teu perfume em meu olfato a instigar,
Recordações que na memória, hoje, hibernam,
Mas que despertam, vez em quando, no meu mar.
 
Minha memória traiçoeira, meu algoz,
Sempre te traz para meu banco em alto mar,
E me obriga a te espiar por entre os nos,
Das escotilhas afrouxadas ao luar.
 
Assim me deito longas horas a pensar,
Na colisão das nossas rotas alteradas,
E nestes rastros de lembranças enlutadas,
Que sorrateiras inda vem me atormentar.
 
Edith Lobato – 11/10/14

34 comentários:

  1. Recordações que guardamos para sempre.
    Lindos versos Edith.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Carmem, e não tem como apaga-las. Obrigada pela leitura e lindo dia. Bjs

      Excluir
  2. oi Edith

    Quando as rotas se alteram, há um grande vazio...
    A gente tenta achar respostas que não vem...
    Quem pode explicar o amor?

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz parte da vida esta alteração. Obrigada Bell, feliz com tua leitura. Bjs

      Excluir
  3. Lembranças de um amor que valeu!

    beijoo'os
    flores-na-cabeca.blogspot.com,

    ResponderExcluir
  4. Oi Edith
    Um prazer visitar sua casa de poemas .
    Os talismãs são símbolos de felicidade e ficam impregnados na nossa alma dando-nos força para seguir, vitoriosas.
    Bonito seu poema.
    deixo abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O prazer é meu Lis em ter tua linda visita aqui. Obrigada pela leitura.

      Excluir
  5. Querida Edith, obrigada pela beleza da tua visita!

    Teu poema, o perfume do amor do passado que a memória do nosso corpo sempre vai guardar. Lembranças, belas lembranças...
    Uma boa tarde pra você! Bjssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vanuza. Muito feliz com tua visita. Bjs

      Excluir
  6. As lembranças trazem-nos o sonho que nos parece tão real, insistem na memória como lâmpadas antigas que ainda nos iluminam...e nós abrimos-lhe o coração no anseio de trazer o amor de volta.Sinceramente Edith está lindo teu poema, escrito com muito sentimento que nos toca a nós leitores. Eu te admiro.Bj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Natalia. Obrigada pela leitura e comentário tão gentil.

      Excluir
  7. Oi Edith!
    Que beleza de versos!
    Ganhei o dia só de ler:
    "Minha memória traiçoeira, meu algoz,
    Sempre te traz para meu banco em alto mar,
    E me obriga a te espiar por entre os nos,
    Das escotilhas afrouxadas ao luar".
    Sente-se até o cheiro de mar... Maravilha!
    Beijos!
    vitornani.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vitornani, pela leitura. Um lindo dia. Bjs

      Excluir
  8. Bonito poema, lindos poemas por aqui!
    Obrigado por dar a conhecer!

    ResponderExcluir
  9. Minha querida
    Obrigada pelo seu comentário no meu blog.
    Belo poema a denotar saudades!
    Um beijinho
    Beatriz
    VIDA E PENSAMENTOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Beatriz. Adorei tua visita. Lindo dia pra vc.

      Excluir
  10. Boa noite, excelente criação de boas recordações guardadas e bem conservadas, poema encantador.
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada A.G. pela leitura e comentário. Um feliz dia pra você.

      Excluir
  11. Lindas lembranças plenas de saudade. Um excelente escrito visceralmente poético.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querida, por tua leitura. Amei tua visita.

      Excluir
  12. Cara Edith!
    Que lindos seus Blogs, já virei seguidora.
    Agradeço sua visita e voltarei sempre por aqui , para beber de seu poetar.
    Um abraço e fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Tereza, obrigada por tua apreciação aos meus blogs e por tua leitura. Feliz sexta-feira. bjs

      Excluir
  13. Obrigada Edith pela visita e comentário.
    Bjs amiga
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  14. A memória...há tanta poesia nela...

    Muito belo, Edith.
    Deixo um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sônia pela leitura, é sempre um prazer te ver aqui neste cantinho. Feliz sexta-feira.

      Excluir
  15. Porque há na dor da lembrança essa poesia toda, esse jorro lindo, quase gozo...Beijo e carinho, Edith.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Almma, por tua leitura e lindo comentário. Bjs e boa semana.

      Excluir
  16. Muito bom
    começar a semana
    passeando em seu blog.
    Bjns
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada CatiahoAlc por tua leitura e por teu comentário. Boa semana.

      Excluir

Muito obrigada por deixar registrado em, Matizes da Alma, sua visita e sua opinião. Receba meu carinho.