domingo, 28 de janeiro de 2018

Intrusa

 
Intrusa
 
A brisa sicilando na folhagem,
do sonho despertou-me, lentamente.
O azul do firmamento, a fria aragem,
a tua imagem posta em minha mente.
 
No colorido excelso da paisagem,
eu colho teu sorriso, docemente.
Na cor desta ilusão, doce miragem,
te vejo na distância, ternamente.
 
Às vezes sinto a face igual enchente,
e escuto dentro em mim meu próprio brade,
vertendo uma emoção que não se explica.
 
Assim, que quando as águas da torrente,
escorem em filetes de saudade,
o amor o peito enflora, multiplica.
 
Edith Lobato - 9/09/16

14 comentários:

  1. A poesia desperta um misto de sensações!!!
    Gostei de ler!bj

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa e instigante poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Edith, andas por demais inspirada poeta, versos instigantes e belos!

    Tenha um bom dia!
    Bjss!

    ResponderExcluir
  4. Gostei de ler. O soneto é um tipo de poesia difícil de escrever. Espartilha a poesia em rimas de métrica certa. Nem toda a gente os consegue escrever tão bem.
    Um abraço e boa semana

    ResponderExcluir
  5. Oi Edith,lindo poema! Quando se amou muito as lembranças parecem reais mesmo, como se pudesse existir novamente.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. hello,
    nice blog! I'm a new follower of your amazing blog, can you follow mine on my blog?
    https://amoriemeraviglie.blogspot.it/

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde, poesia que cativa, cada frase, faz despertar a sensação intrusa.
    Feliz semana,
    AG

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, maravilhosa, ímpar poesia, excelentemente criada pelo dom poético, não sou poeta nem gosto de todo o tipo de poesia, principalmente aquela que considero lamechas, gosto daquela que me transmite sentimentos e vem ao encontro dos meus, é o caso desta sua bela partilha poética, a poesia é alma, são os sentimento do poeta.

    "O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente."
    Fernando Pessoa

    Continuação de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
  9. As saudades levam o pensamento a divagar pelo passado.
    Lindo poema.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  10. Colorindo o imaginário. Gostei da rua poesia, muito bonita e cheia de detalhes ricos e quase impossível descrever. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  11. Visitando e lembrando que sendo hoje DIA INTERNACIONAL DA MULHER, nada me impede de dizer que: "" Cada mulher que nasce é uma Estrela que brilha na Terra "" ...... A Sua publicação - POEMA - é de uma ternura e carinho exemplares.
    .
    * (Poetizando e Encantando) MULHER ... O Equilíbrio da Vida *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderExcluir
  12. Belíssimo poema, amiga, parabéns!
    Uma ótima semana pra você.
    beijo.

    ResponderExcluir
  13. Visitando, vendo, lendo e elogiando as suas publicações. Poema maravilhoso. Sedutor demais.
    .
    * Saudade de ter ... Saudade *
    .
    Feliz início de semana
    Boa tarde

    ResponderExcluir

Muito obrigada por deixar registrado em, Matizes da Alma, sua visita e sua opinião. Receba meu carinho.